terça-feira, 12 de abril de 2016

Homem Porco


 

O Homem porco era um açougueiro de Chicago em 1983 e era famoso por sempre, antes de realizar os abates, colocar uma máscara de porco que tinha sido feita dos restos de um porco em uma de suas matanças. Enquanto os matava, ele grunhia como se fosse um porco. Ele fazia-os pensar que era um deles... Depois disso ele passava horas na frente de um espelho, admirando sua face com a grotesca máscara de porco suja de sangue. 


Um dia ele escorregou no sangue dos animais e os porcos se "vingaram" partindo-o ao meio, mas seu corpo dantes destroçado, desapareceu do lugar, não acharam nenhum vestígio de seu corpo, além de seu sangue misturado ao dos porcos. Mesmo assim, sem corpo, foi declarado morto.

Um parente dele confessou à polícia que Pig Man, como ficara conhecido, adorava matar e uma vez teria lhe dito que só não matava pessoas porque não queria ser preso, mas o prazer de ver os porcos se debaterem diante de seus olhos era seu maior prazer. A família o ignorava e o achava estranho e resolveram não comentar isso com ninguém para não sujar o NOME da família.

Acredita-se que a morte lhe deu a liberdade que precisava para fazer o que mais gostava: MATAR. E os espelhos em que ele tanto se admirava podem ter "guardado" seu espírito rancoroso. Dizem que se você ficar em frente ao espelho no escuro e dizer: "Here, Piggy Piggy! (Aqui porquinho, porquinho!)" ele sairá do espelho, com sua faca de cutelo para te abater...

Mas isso é só uma lenda urbana certo?


Texto retirado do blog: Medo Sensitivo


Nenhum comentário:

Postar um comentário